16 de nov de 2012

Bonequinha de Luxo (Breakfast At Tiffany's, 1961)

   Mulheres, imaginem um lugar perfeito, um lugar onde podemos tomar café da manhã, conversar com nossas amigas, se sentirmos felizes, realizadas e ainda por cima, não sermos discriminadas por termos um pretendente pobre. Eu estou falando da Tiffany's, o lugar perfeito para nós mulheres nos aliviarmos das tristezas da vida.
   Tiffany's pode estar no título, mas não é realmente a estrela brilhante do filme, tanto que os protagonistas nem se encontram na Tiffany's.
   Eu sempre fui uma idiota total a respeito desse filme, sempre pensei que Bonequinha de Luxo e Breakfast At Tiffany's fossem dois filmes diferentes, eu só fui descobrir ontem que ambos eram o mesmo filme.
   Quem se importa com meus erros idiotas? O que realmente importa agora é a linda da Audrey Hepburn e seu galã pobretão dos 60's.
   Bonequinha de Luxo gira em torno da nossa it girl da época, Holly Golightly, uma piriguete da época, que não está nem aí para compromisso sério e que só pensa em ganhar dinheiro.
   Você deve estar se perguntando a razão de piriguete, não é? Hoje ser piriguete pode levantar os maus olhos das pessoas, mas vendo essa personagem da Audrey, penso que ser piriguete na época era uma coisa que realmente chamava atenção sem ser vulgar. Audrey e toda a esquipe do figurino fizeram um trabalho fantástico, não é só ir lá e colocar uma roupa extravagante na personagem, não adiantaria nada se fosse uma atriz sem graça. Audrey é uma mulher graciosa, ela consegue com muita classe conquistar a todos com sua simpatia e versatilidade.
   Nosso galã pobretão é Paul Varjak, um escritor desempregado e novo vizinho de Holly, que acaba se apaixonando pela mesma.
   Dá pra saber o que vem depois, você sabe, acontece a clássica história menino conhece menina, menino tenta conquistar o coração da menina e ela não dando a mínima pra ele. É clichê? É, mas considerando a época em que o filme foi feito, provavelmente não existiam muitos filmes assim antes, tanto que esse pode ser a inspiração para os filmes modernos de comédia romântica.
   Fiquei sabendo que o papel principal seria oferecido para Marilyn Monroe, mas que ela não aceitou por causa de sua reputação já que Holly era uma verdadeira prostituta no visão de todos. A época era tão conservadora, que assistindo o filme atualmente, eu não estou considerando Holly como uma prostitua, mas sim como uma acompanhante, não parece uma coisa tão impura. A atitude da Audrey interpretar o papel e encarar como um desafio foi uma coisa tão nobre, eu acho que os atores precisam de desafios para crescerem em suas profissões e Audrey foi uma mulher incrível em encarar esse desafio.
   Eu adorei assistir esse filme nesse feriadão, Bonequinha de Luxo é um filme tão doce, natural e tão adorável, ele mostra a visão mais pura de uma mulher independente se apaixonando por um cara de personalidade oposta, mas ao mesmo tempo tão semelhante.
   Apesar de não gostar muito daquela personalidade possessiva do escritor gostei mesmo do romance dos dois.
   A trilha sonora, elenco, roteiro, figurino foram tão bem trabalhados, eu adorei cada detalhe da produção, não dá nem pra perceber que o filme é tão antigo. Eu com toda certeza não posso deixar de recomendar.
   Breakfast At Tiffany's foi indicado e venceu em quatro categorias do Emmy, indicado também em cinco categorias do Oscar, vencendo duas e também indicado em duas categorias ao Globo de Ouro.
   Para terminar bem a postagem, eu deixo abaixo o vídeo da parte do filme em que a encantadora Audrey Hepburn canta Moon River:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

(: