22 de nov de 2012

Fim da Linha (End Of The Line, 2007)

   Alguns dias atrás eu estava passando lá pelo Clube dos Cinéfilos no Facebook e me deparei com uma indicação de filme de terror. Eu me interessei justamente por ser difícil de indicar um filme de terror, ninguém costuma indicar filmes de terror atuais, porque atualmente a indústria do gênero está fraca, poucas vezes encontramos um filme de terror realmente original, então como foi uma indicação, decidi dar uma chance.
   A estória do filme é bem simples, se passa em um metrô, onde um grupo de pessoas aleatórias são atacadas por fanáticos religiosos malucos.
   Eu gostei desse filme já nos primeiros minutos por não ter muita enrolação, não tem um teatrinho idiota antes das coisas estranhas começarem a acontecer.
   A primeira coisa que me chamou atenção foram os personagens, nos filmes de terror normais sempre tem uma jumenta que só sabe gritar, um cara metido a gostoso sabe tudo e uma mocinha pra lá de sem graça que acaba se tornando a heroína no final, mas nesse filme os personagens são diferentes, os personagens do filme retratam pessoas comuns, que um belo dia pegam o metrô para ir para casa e de repente se deparam com o verdadeiro apocalipse.
   O clima de suspense prevalece o filme inteiro, todo tempo era perigoso. Poucas vezes eu encontrei filmes que me deixaram com vontade de torcer pelos personagens e evitar uma tragédia apenas dizendo: "Corre, corre, corre!!!"
   Depois de um curto tempo de filme descobrimos que a razão de toda essa perseguição é o fim do mundo e que toda a nação só pode ser salva com a morte, então a ideia desses religiosos malucos é simplesmente matar todas as pessoas normais e logo depois, matarem seus próprios irmãos da irmandade e matarem também a si mesmo.
   Considero esse como um dos filmes sobre trilhos mais criativos que já assisti. Já assisti outros filmes de perseguição, mas esse tem toda uma razão envolvida, um roteiro bacana, um suspense sobrenatural, convincentes efeitos especiais e personagens não insuportáveis.
   Algumas atuações são bem toscas, mas não posso exigir toda essa perfeição. Fim da Linha se propôs e conseguiu ser um ótimo terror independente, além de ser um bom filme, também foi original nessa proposta e isso compensa a falta de atuação dos atores.

Um comentário:

  1. Legal, gostei como escreve, não gosto de filme de terror, mas ate fiquei com vontade de ver, lendo como voce gostou....

    ResponderExcluir

(: